segunda-feira, 16 de março de 2009

Seasons change, and you grow a little older...

Gostaria de agradecer aos meus contemporâneos - não de idade, mas de pensamento - e gostaria muito de dizer a eles que meu mundo não depende do meu eu para existir e sim da extensão do eu deles sobre o meu. Nós só somos seres humanos quando estamos em contato com outros seres humanos, ninguém pode ser humano sozinho. E é no abraço dos meus contemporâneos que eu encontro quem realmente eu sou - um ser humano.


O sentido da vida são os outros.



.

3 comentários:

alex.n disse...

Assista o alemão: A vida dos outros! (Se ainda não assistiu...)

Tem tudo a ver com nós humanos!

Pedro. disse...

vai ver o big bang foi mais abstrato do que material

vai ver somos resultado de uma coisa só, como diriam os noruegueses!

Haroldo de Campos disse...

Sortez de l'armoire!